terça-feira, 26 de abril de 2011

Casamento.

Vai ser a distância que vai nos manter o elo de união.
O sorriso no rosto.
A dança sincronizada das vozes.
Carinhosamente...

Promessas além da possibilidade trazida pelos sonhos. (Realizáveis.)
A cegueira eterna da coloração das minhas bochechas...
O riso, finalmente, feliz!
 
Não me importa se em meses ou anos...
Reconhecimentos:


Lá onde junta-se o azul do céu e o verde do mar.

Um comentário:

  1. Ternura que se faz por elos que vão além dos circulos que se seguram aos dedos. ;)

    ResponderExcluir